Fale conosco

O que você está procurando?

TV e Cinema

Sandy fala do desafio de fazer um programa de culinária na HBO Max

Sandy no programa Sandy+ Chef, da HBO Max - Crédito: Reprodução / Instagram
Sandy no programa Sandy+ Chef, da HBO Max - Crédito: Reprodução / Instagram

Sandy revela curiosidades sobre sua alimentação e sua relação com a cozinha ao celebrar o lançamento do programa ‘Sandy + Chef’ na plataforma de streaming HBO Max

A cantora Sandy adorou o desafio de comandar um programa de culinária. Nesta quinta-feira, 11/11, a atração Sandy + Chef estreia na plataforma HBO Max e mostra a estrela da música cozinhando sob a orientação de chefs renomados, como Paola Carosella e Thiago Castanho. O programa é a versão brasileiro do já bem sucedido Selena + Chef, dos Estados Unidos, e também promete encantar o público por aqui.

Na telinha, Sandy teve a experiência de mostrar os seus dotes culinários e também desafiar o seu paladar, já que tem uma lista de alimentos que não costuma consumir. “”A experiência foi uma delícia, eu recebi esse convite muito inusitado. Eu amo programa de culinária, reality show de culinária, e nunca tinha me imaginado apresentando um programa de culinária. E aí falaram que era a versão brasileira do Selena + Chef e fui logo assistir. Eu adorei! Lógico que eu disse sim na hora, dei um jeito na agenda para caber tudo isso. A gente gravou tudo no final de julho e começo de agosto, foi um clima muito gostoso porque meus convidados eram todos da família, gente muito próxima, muito íntima. Eles foram me ajudar e eu fui me aventurar. Eu amei, foi um clima muito gosto nas gravações, eu aprendi muita coisa“, disse ela. 

Eu detesto pimentão e eu não como carnes estranhas. Principalmente frutos do mar, eu como peixe branco, camarão, lagosta, casquinha de siri… Eu não polvo, lula, mexilhão, ostra… todas as outras coisas, eu não como. Não passei por um perrengue muito grande no Sandy + Chef, só tive que comer o peixe de rio e deu certo. Eu também tenho bastante intolerância ao alho e não gosto de alho. Então foi um desafio para os chefs, coitados. Eu sou testemunha de que é possível comer comida boa sem alho e até sem cebola. Eu também não gosto de cebola, não faz muito bem para mim, mas em pequena quantidade, passa. Em casa, eu não uso cebola quase nunca e alho, nunca. Foi um desafio para eles. Mas foi legal. É bom ver as alternativas. Existem muitos sabores, muitas opções de temperos que a gente pode usar e deixar uma comida maravilhosa”, relembrou. 

Sandy contou que se arrisca na cozinha de casa, mas tem pouca prática. Mesmo assim, ela tem suas especialidades que conquistam a família. “Eu gosto muito de fazer arroz, de vários tipos. E tem um arroz japonês que eles fazem na chapa, arroz frito e todo misturado. Tem um restaurante que eu amo e sempre vou quando viajo para os Estados Unidos. Fui aprendendo a fazer de tanto olhar. Tanto que, quando a gente construiu a minha casa, eu fiz uma chapa para poder fazer isso. Hoje em dia eu faço lanche na chapa, hamburguer caseiro para a família e o arroz na chapa. É algo que eu como desde a infância e tem um sentido familiar. A gente gosta de se reunir em volta da chapa, é um momento de confraternização”, contou.

Ao lembrar das gravações, a cantora falou sobre os momentos mais desafiadores. “Dificil foi fazer o sashimi e enrolar, fazer aquela apresentação do prato muito linda. E fatiar o peixe, tudo isso foi muito desafiador porque eu nunca cheguei nem perto de uma coisa dessas. O que mais me surpreendeu foi quando a gente fez com o Thiago Castanho. Eu não costumo comer peixe de rio, eu não gosto normalmente, e ele fez de um jeito que eu comi amando. Eu amei muito! E grande parte da minha família não gosta de peixe e não gosta de peixe de rio, e eles amaram! Então para mim foi muito surpreendente”, disse ela.

E a experiência com a chef Paola Carosella também marcou a artista. “Eu estava com a expectativa grande com a Paola. Porque eu sei que ela é muito forte e exigente, apesar de ser muito simpática e querida. Eu estava um pouco nervosa para ser guiada por ela, mas ela foi maravilhosa. Ela teve paciência. A gravação nesse dia teve problema com a transmissão, é tudo feito online e tem a questão da internet. A gente estava com um aparato todo maravilhoso, mas acontece, é tudo imprevisivel. A gente teve problema na transmissão da internet, e a gente teve que esperar muito. Gerou um cansaço, foi uma diária longa de gravação, mas ela foi maravilhosa e ficou lá até o fim. Me ensinou, teve paciência comigo. Eu fui uma massa do zero, foi muito legal“, afirmou.

Com mais de 30 anos de experiência na carreira musical, Sandy fica encantada ao ver a relação entre fazer música e cozinhar. “Tudo é arte. Música, incontestavelmente, é uma forma maravilhosa de arte, e eu amo me expressar através da música. E eu identifico muito isso na culinária, é uma forma de se expressar. E é uma arte. São tantos processos e é uma mágica que acontece. Não é qualquer pessoa que faz acontecer, que faz dar certo, tem que ter um estudo, um foco, uma atenção, um olhar para aquilo, uma percepção técnica. Tem que ter muitas coisas. E querendo ou não, quando você faz com inspiração, a culinária e a gastronomia vem de um lugar de inspiração. Eu considero uma super de uma arte maravilhosa, e traz conforto para a gente, um conforto físico que é muito lindo de ver”, declarou.

E completou: “A arte faz as pessoas se unirem. A gente senta em volta de uma mesa e faz celebrações fazendo refeições. A gente tem datas comemorativas que giram em torno de uma certa refeição especial. Então a comida é uma coisa muito agregadora que denota união, amor. Para mim é uma coisa muito bonita de falar da relação dessas duas coisas. Eu vejo muito claramente essa relação”.

Depois do programa, Sandy ficou empolgada e quer se dedicar mais à cozinha. “Ainda não virou um hobby como eu gostaria porque é uma coisa que envolve tempo e, na rotina do dia a dia, filho na escola, o trabalho acontecendo, não dá muito tempo. Depois da gravação, foi quando o meu filho voltou para as aulas presenciais, a pandemia começou a dar uma leve acalmada, e automaticamente eu comecei a trabalhar mais. Eu que já era apaixonada por cozinha e culinária, fiquei mais apaixonada. Eu pretendo que isso vire mais um hobby, dos principais mesmo”, garantiu.

Assista ao trailer: