Fale conosco

O que você está procurando?

Famosos

Mateus Verdelho comemora boa fase na vida pessoal e profissional

Mateus Verdelho - Crédito: Gabriel Batista
Mateus Verdelho - Crédito: Gabriel Batista

Após se tornar pai pela segunda vez, Mateus Verdelho faz uma análise do que viveu nos últimos tempos: ‘Não foi fácil, mas tivemos esse presente da chegada da Domênica’

O modelo e empresário Mateus Verdelho vive um momento de realizações na vida pessoal e também no lado profissional. Nos últimos meses, ele se tornou pai pela segunda vez com o nascimento de Domênica, fruto do casamento com Shantal – com quem também tem Filippo -, e também viu o desenvolvimento de sua carreira no ramo de roupas e acessórios.

Em conversa com o site TITITI, Verdelho contou mais detalhes sobre a chegada da filha caçula e as diferenças nas personalidades dos filhos. Além disso, ele analisou o seu lado profissional, contou de suas inspirações e até revelou se aceitaria participar de mais um reality show – ele já esteve em A Fazenda, da Record TV. Confira:

O lado pai de Mateus Verdelho

Mateus Verdelho acompanhou de perto todas as emoções da segunda gravidez da esposa e está realizado com a sua família. “2021 está sendo muito legal e ao mesmo tempo foi muito preocupante. A Shantal engravidou no começo do ano e não foi uma gravidez fácil, teve várias turbulências, além da segunda onda da pandemia que deixou a gente muito preocupado. Em paralelo, nossa casa estava em obra, precisamos ficar em um sítio por quase 3 meses. Foi legal mas a Shantal passou por uma fase tensa de muito enjôo. Quando a gente voltou de lá, ela começou a ter contrações precoces e ficou um mês internada. Quando ela saiu, precisou ficar em repouso absoluto, só levantava pra ir ao banheiro. Não foi fácil, tive que me dividir em 20, mas ao mesmo tempo tivemos esse presente da chegada da Domênica que valeu cada minuto desse perrengue. Com certeza foi a coisa mais legal que aconteceu conosco desde a chegada do Filippo”, contou ele.

Agora, pai de dois, ele revela como é personalidade das crianças. “Então, a Domênica é por enquanto o oposto do Filippo. Eu e a Shantal éramos pais de primeira viagem. Não tínhamos a mesma unidade de pessoas que temos hoje para nos ajudar, como uma enfermeira em casa, meus pais e minha sogra. A Domênica está sendo bem mais tranquila. A gente já sabe o caminho das pedras e a personalidade é de uma princesa, só mama e dorme. Já o Filippo chorava muito pois ele tinha um refluxo que só fomos descobrir alguns meses depois”, disse ele.

Além disso, o empresário e modelo relembrou como foi descobrir o sexo da filha na hora do parto e o que passou na sua cabeça ao ver Domênica pela primeira vez. “A gente decidiu que não queria saber e eu também não sou muito ligado em chá de bebê, chá revelação, mesversário… não curto muito essas sensações. Eu e a Shantal não temos muito problema com isso. Eu confesso que queria uma menina, só não ficava comentando pois no fundo o que todos queremos é um bebê saudável. Mas toda vez que eu ia conversar na barriga eu me referia no feminino e imaginava o futuro da minha família com uma menininha ao nosso lado. Além de ser um parto surpresa, a Shantal decidiu fazer natural. Então toda experiência foi muito mágica. Eu estava lá, ao lado do médico, fui o primeiro a segurar o bebê e quando eu vi, já gritei “Domênica, amor, é Domênica!’. Foi uma experiência sensacional“, relembrou.

Realização profissional

Mateus Verdelho tem uma carreira sólida no universo da moda e adora estar envolvido nas criações de suas coleções. Agora, ele analisou o seu amadurecimento ao longo dos anos e até cogitou um novo ramo para investir. “A minha vida profissional tá bem legal, acho que está no melhor momento. Muita coisa bacana acontecendo para minha imagem e para imagem da minha marca. Vejo uma carreira que está começando a se consolidar, eu acho que a mensagem que eu vivo e transmito é muito verdadeira. Eu não mostro nada que eu não sou. Meu objetivo agora é me consolidar como porta-voz de tudo que acredito, mostrar como é legal se dedicar e ver o trabalho dar certo. O Mateus de hoje é muito maduro e consciente de tudo que quer. Eu curto bastante ficar customizando carros, comprar, reformar e revender. Acho que se fosse arriscar algo além da moda seria no automobilismo“, contou.

Para fazer suas criações, ele está sempre atento a tudo ao seu redor e no universo das artes. “Eu busco inspiração pesquisando vídeos antigos, filmes e obras clássicas como fotos antigas. Tento fazer essa mistura com o que está acontecendo atualmente e o que mais me encanta na moda é que não existe regra ou limite. Quem faz a regra é quem está criando, quem está ousando e isso é o que me encanta”, declarou ele, que teve a experiência de vivenciar de perto o mundo da moda por mais de 20 anos. “Foram muitos trabalhos, muitas viagens e culturas diferentes. Absorvi toda essa mistura e vivência. Aprendi bastante com os profissionais que cruzaram meu caminho, como fotógrafos e estilistas, além de minha experiência com skate. Carrego tudo isso tanto para a minha marca quanto para minha vida como digital influencer“, afirmou.

Inclusive, Mateus Verdelho contou sobre como é ter a chance de estar inserido no processo criativo do seu negócio. “Hoje eu tenho o privilégio de ter uma equipe que cuida dos meus contratos, da minha agenda e negociação da minha imagem, além de uma segunda equipe que cuida da minha marca, como logística, financeiro, criação e desenvolvimento de produtos. Eu tenho todo esse privilégio porque eu batalhei pra chegar até aqui. Com muito trabalho, conquistei a oportunidade de realizar essas duas funções de forma saudável e próspera“, declarou.

Por fim, o ex-participante de A Fazenda garantiu que não pretende se envolver em um novo reality show tão cedo. “Não, no momento eu não penso e nem tenho vontade. Talvez eu considere caso fosse agregar na minha vida além da parte de visibilidade, algo bem interessante mesmo. Eu já participei do que tive que participar, vivi o que tive que viver, fiz o que tive que fazer, mas passou. Agora é outra fase“, contou.

Mateus Verdelho - Crédito: Gabriel Batista
Mateus Verdelho – Crédito: Gabriel Batista