Fale conosco

O que você está procurando?

BBB

Karol Conká revela que ainda sente medo de sair de casa após o BBB 21

Karol Conká ainda sofre represálias do público
Karol Conká - Crédito: Reprodução / Instagram

A cantora Karol Conká desabafou sobre a reação negativa do público e revelou que ainda sofre ataques por conta de sua participação no reality

Na noite desta última quarta-feira, 18/08, a cantora Karol Conká participou do programa de Thelminha, que foi campeã do Big Brother Brasil 20, e desabafou com a médica sobre ainda sofrer ataques do público após sua participação no BBB 21.

Dessa forma, a rapper confessou que ainda sente medo de sair de casa, pois ainda sofre represálias das pessoas que não gostaram de sua postura dentro da casa no reality deste ano.

Foi tão forte tudo que eu acredito que possa ter uma pessoa muito louca, atravessar a rua e fazer alguma coisa… O nível que chegou do ódio foi tão grande que eu não consigo sair”, revelou Karol para o canal da Thelminha no Youtube.

E então, ela completou: “Se eu sair na rua, eu vou ficar com pânico. Eu não saí até agora. Não andei na rua, não fui mais em padaria e supermercado. Não vou a lugar nenhum. Conseguiram me arrastar para um barzinho que tinha pouquíssimas pessoas, mas fiquei uma hora e não me senti confortável”.

++Karol Conká quebra o silêncio e volta às redes sociais após sumiço

Além disso, Karol Conká confessou que as pessoas mais próximas a lembram de que ela tem coisas boas dentro de si para não desabafar de vez. “Se não fossem as pessoas me lembrando todo dia que eu tenho amor dentro de mim, talvez eu não estivesse mais aqui. Eu estava me sentindo um peso na terra. As mensagens foram tão pesadas que eu falei: ‘realmente, acho que eu sou um lixo’”, afirmou.

Assuntos polêmicos em seu programa: Vem K

Karol Conká tem discutido assuntos sobre psicologia e saúde mental, além de discorrer sobre preconceito e racismo em seu próprio programa de entrevistas, o Vem K. Apesar de tantos ataques de internautas e do público em geral, ela declarou que não se arrependeu de ter aceitado participar do reality show.  

“Ainda estou digerindo atitudes minhas que eu reprovo, estou tratando as camadas que me levaram a ter descontrole, coisas que me envergonham muito. Não me arrependo de ter entrado no reality, me arrependo de não ter olhado mais pra mim, porque se eu tivesse feito isso, talvez não teria entrado, ou teria entrado com outra atitude. A verdade é qu eu estava há dois anos deprimida”, declarou.